01 fevereiro 2017

NÃO IMPORTA MAIS


Você pode me prometer pela milésima vez que fará tudo diferente e que seremos felizes no final. Pode até prometer que vai me dar mais atenção e parar de dizer aquelas coisas que me deixam no canto da cama me sentindo a pior pessoa do mundo. Pode dizer que agora não vou mais precisar te dar satisfações e poderei voltar a vida que tinha. Você pode ser homem o suficiente a ponto de admitir seus próprios erros, parando de me culpar por eles e tentar me fazer acreditar que as coisas vão melhorar. Mas quando perceber que eu já não gosto mais de você insisto que pare de tentar.

É que já não importa mais...

Eu posso me lembrar de todas as coisas boas que passamos na tentativa de amenizar tudo aquilo de ruim que me fez, mas o meu emocional está abalado demais por algo que acreditei ser amor. Mas não era... Não era porquê quem ama quer ver a gente bem e sorrindo. Quem ama não nos pega e arrasta para onde bem entende, muito menos nos machuca da maneira que você fez. Eu persisti e lutei, porque aprendi que não podemos desistir do amor assim.

Eu lutei e corri do seu lado de olhos fechados, mas hoje estou mudando a direção...

Estou caminhando no sentido contrário e não importa o que me diga, eu não vou parar. Meu peito aperta e choro até soluçar toda vez que me agarro aos presentes que me deu e nossas melhores lembranças. Elas são como uma rosa cheia de espinhos, quanto mais eu seguro mais me machucam.

É que nesse amor doentio, duas pessoas se machucam até não restar nada delas. Nós só estávamos procurando a luz no fim do túnel errado. 

Então, eu vou dar o primeiro passo e me despedir. Só não tente me impedir, nem me faça novas promessas, esqueça os presentes e todas aquelas mentiras que vivemos, porque você pode ter o melhor beijo, fazer um sexo incrível ou qualquer outra coisa que me faça pensar duas vezes. Pode até fazer aquelas coisas que eu sempre te pedi e me levar naquele lugar que sempre comentei. Você pode fazer o que quiser, mas não importa mais.

Sobre


Escrever me ajuda a desatar os nós presos na garganta que me impedem de continuar. Mais que isso, permite que eu te ajude a desatar os seus. Leia mais >>>

Fanpage